Arquivo da categoria ‘Linux’

Como resetar seu sistema no Ubuntu 12.04

Publicado: 10 de outubro de 2012 em Linux, Sem categoria

Você mexe demais no sistema não é? Muda tema, ícones, instala programas que nem sabe para que serve, mexe no COMPIZ achando que esta mudando uma cadeira de lugar na sala e no fim do dia, seu sistema esta uma zona tão grande que da desespero e em alguns casos, pensa em instalar o Ubuntu novamente, só para voltar a ter o modelo “padrão de fábrica”.

 

Calma, amigo e amiga. Tem um jeito de voltar a ser tudo o que era e não precisa formatar nada.

Com os comandos abaixo, você “reseta” seu perfil e o sistema sem perder nenhum arquivopessoal. Mas vale o aviso: voltando ao modo padrão, perderá algumas configurações de cookies nos navegadores e outras personalizações. Mas meu caro, este é o preço por ter mexido no que não devia antes né? Vamos lá!

Abra o terminal (ctrl + alt = T) e digite:

rm -rf .config && rm -rf .gconf* && rm -rf .gnome*

ou

rm -rf .gnome2 .gconf .gconfd .compiz-1 .config/dconf .config/gnome-session .config/compiz-1

E não esqueça de reiniciar o LightDM:

/etc/init.d/lightdm restart

Reinicie o PC e pronto. Tudo volta como na instalação original.

STEAMSTEAM

Que o Steam para Linux esta para ser lançado em breve, todo mundo já sabe, mas hoje vazou no site CDR database uma lista de jogos para este fim.

CDR Database  é uma lista que descreve os detalhes de cada jogo provido pela Valve para o serviço Steam. Normalmente, novos games no banco de dados do STEAM aparecem primeiro no CDR Database antes de serem lançados oficialmente.

São 13 games no CDR database com suporte Linux. Segue a lista abaixo:

  1. Amnesia: The Dark Descent, jogo de terror em primeira pessoa.
  2. Crusader Kings 2 jogo de estratégia medieval.
  3. Cubemen.
  4. Dynamite Jack.
  5. Eversion é tipo Super Mario Brothers.
  6. Galcon Fusion arcade-estratégico multi-player no espaço.
  7. Solar 2
  8. SpaceChem jogo de quebra-cabeças.
  9. Steel Storm: Burning Retribution é para sair atirando em tudo.
  10. Superbrothers: Sword & Sworcery EP.
  11. Trine 2 
  12. Waveform.
  13. World of Goo

Na boa , ainda não tive a oportunidade de jogar o Amnesia , mas o negocio deve ser um bixo….:

A Valve decidiu realizar alguns testes para rodar o game Left 4 Dead 2 em um computador com o sistema operacional Linux e comparar o desempenho com os resultados de uma máquina com Windows 7. Para isso, montou o computador com processador Intel Core i7 3930K, placa de vídeo NVIDIA GeForce GTX 680 e 32 GB de memória RAM – e instalou os sistemas Windows 7 SP 1 64-bit e Ubuntu 12.04 32-bit.

Na primeira experiência, o Windows 7 se saiu muito melhor do que o Linux, que rodou o game em apenas 6 frames por segundo (fps). Mas depois de alguns ajustes na compatibilidade do motor gráfico com o sistema Linux, a fluidez do game chegou e marcou presença. A equipe Linux da Valve conseguiu obter resultados impressionantes e fez o jogo rodar a 315 frames por segundo.

Isso representa 14% a mais de frames sendo executados por segundo – no Windows 7, a marca média foi de 270,6 frames. Segundo os responsáveis pela publicação no blog da Valve, o grande responsável por isso é o OpenGL, que mostrou mais versatilidade do que o Direct3D e conseguiu melhorar a performance do game utilizado na análise.

Coincidindo com o início da International Supercomputing Conference ISC’12, uma nova lista contendo os 500 supercomputadores mais rápidos do mundo foi liberada neste final de semana. Como já ocorreu há algum tempo, o sistema operacional Linux está dominando a lista de sistemas utilizados por 462 dos 500 computadores mundialmente mais velozes. Ou seja, mais da metade dos computadores relacionados estão usando Linux.


Linux Prevalece Entre os Sistemas de Maior Uso no Top 500 de Supercomputadores Mundiais

O computador mais rápido da lista é agora o Sequoia da IBM que substituiu o Fujitsu-Build Computer K, ambos rodando o sistema Linux. Além do sistema operacional de código aberto, 25 computadores no top 500 estão executando variantes de Unix, 2 estão executando o Windows e 11 supercomputadores estão usando uma combinação de sistemas operacionais.

 

Em um documento postado no site Pastebin e no vídeo acima, os hackers do Anonymous oficializaram a série de ataques que fizeram na noite de hoje (19). Em resposta ao fechamento do site MegaUpload, o grupo derrubou os seguintes websites:

  • Departamento de Justiça dos EUA – justice.gov e usdoj.gov
  • Universal Music – universalmusic.com
  • RIAA – riaa.org
  • MPAA – mpaa.org
  • Orgão responsável pelos direitos autorais – copyright.com
  • HADOPI, orgão francês responsável pelos direitos autorais – hadopi.fr
  • Warner Music Group – wmg.com
  • BMI – bmi.com
  • FBI – fbi.gov

Após um dia de protestos contra o SOPA, a operação do FBI para remover um dos maiores sites de compartilhamento de arquivos da web parece ter acontecido em uma péssima hora. A revolta do Anonymous não deve se resumir a isso e internautas já falam em uma primeira guerra virtual. O que será que vem por aí?


Foto:Baixaki

O Stop Online Piracy Act (em tradução livre, Lei de Combate à Pirataria Online), abreviado como SOPA, é um projeto de lei da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos de autoria do representante Lamar Smith e de um grupo bipartidário com doze participantes. O projeto de lei

amplia os meios legais para que detentores de direitos de autor possam combater o tráfico online de propriedade protegida e de artigos falsificados.
O projeto tem sido objeto de discussão entre seus defensores e opositores. Seus proponentes afirmam que proteger o mercado de propriedade intelectual e sua indústria leva a geração de receita e empregos, além de ser um apoio necessário nos casos de sites estrangeiros.Seus oponentes alegam que é uma violação à Primeira Emenda, além de uma forma de censura e irá prejudicar a Internet,ameaçando delatores e a liberdade de expressão.

Quem esta a favor do SOPA?

As grandes empresas de entretenimento dos EUA são as que apoiam o projeto, entre elas: The Walt Disney Company, Universal Music Group, Motion Picture Association of America, Recording Industry Association of America, Wal-Mart, Toshiba, Time Warner e CBS entre outras. Algumas, porém, depois dos constantes protestos, retiraram seu apoio ao SOPA, como fizeram a Eletronic Arts e a Sony.

E quem é contra?

Entre os opositores estão as principais empresas que atuam na Internet como o Facebook, Twitter, Google, Yahoo!, LinkedIn, Mozilla, Wikimedia, Zynga, Amazon, eBay, Reddit, 4chan e 9GAG. Também organizações de direitos humanos, como Repórteres Sem Fronteiras e Human Rights Watch. A empresa de registro de domínios Go Daddy inicialmente apoiou a proposta. O posicionamento atraiu fúria de seus clientes, levando-a reconsiderar o apoio.

E Além de To0dos eles , temos também90% dos seres humanos que usam a internet , e um Forte Aliado , Barack Obama

Forte Aliado

Membros da administração do presidente estadunidense Barack Obama fizeram um anúncio online no qual dizem que não apoiarão legislações que reduzam a liberdade de expressão, aumentem o risco da ciber-segurança ou enfraqueçam a dinâmica e a inovação na Internet globa.

Mostra quem é você Obama

Este Video , é fake…mas foi muito bem feito….

SOPA , Querendo Vingança:

Mesmo após varias tentativas do SOPA , sua voz vem enfraquecendo a cada dia ,devido a falta de provas , além do grande numero de protestos contro o projeto…

Porém mesmo assim LamarSmith , um politico Texano , diz que vai voltar a debater o assunto novamente em feveiro…

Fechamento do MegaUpload:

Procuradores federais do estado da Virgínia acabam de fechar um dos maiores sites de compartilhamento de arquivos do mundo, o Megaupload, sob a acusação de que a empresa viola as leis de direito autoral.

Além disso, todos os funcionários da companhia foram indiciados pelos supostos crimes praticados. A ação acusa o Megaupload de deixar de pagar mais de US$ 500 milhões em direitos autorais de filmes e outros conteúdos.

A ação acontece apenas um dia após uma série de protestos contra o SOPA, projeto de lei que pode colocar em risco a liberdade de expressão na internet. O Megaupload é um dos 15 sites mais populares do mundo. Os representantes do veículo ainda não se manifestaram sobre o assunto. Mais informações sobre o caso em breve.

Atualização: segundo o The WallStreet Journal, sete funcionários foram presos nos Estados Unidos, quatro na Nova Zelândia e um na Austrália. Além da acusação de infingir as leis de direito autoral, o site também está sendo apontado como uma suposta fonte de lavagem de dinheiro.

Em nota à Associated Press, um representante da página se limitou a dizer que “a grande maioria do tráfego do Megaupload é legítimo e se a indústria de conteúdo quer tirar vantagem da nossa popularidade, teremos o maior prazer em dialogar”.

Com 16 núcleos de processamento, PRIMEHPC FX10 é capaz de rodar até 23,2 petaflops de informação.

(Fonte da imagem: Fujitsu)

A empresa japonesa Fujitsu decidiu criar o supercomputador mais potente do mundo. Batizado de PRIMEHPC FX10, a máquina é capaz de rodar até 23,2 petaflops de informação, sendo considerado o aparelho mais rápido do mundo.

Para computar todos esses dados, ele usa um processador SPARC64 IXfx com 16 núcleos de 1.848 GHz e possui capacidade para até 64 GB de memória. Além disso, ele usa o sistema Linux para funcionar.

De acordo com a Fujitsu, a expectativa é fazer com que a potente configuração do PRIMEHPC FX10 seja aplicada em cerca de 50 supercomputadores nos próximos três anos. Segundo a empresa, a ideia é estender a máquina para empresas que necessitem computar uma quantia enorme de dados.

 

A Microsoft anunciou que está desenvolvendo um driver ODBC SQL Server para sistemas Linux. A notícia foi anunciada pelo Vice Presidente de Sistemas de Banco de Dados da Microsoft Corporate, Quentin Clark, durante a realização da PASS Summit 2011, e segue a notícia recente de que a Microsoft estaria planejando portar o Apache Hadoop MapReduce para o SQL Server e sua plataforma de nuvem Azure.

O driver foi projetado para fornecer aos sistemas operacionais Linux e Unix, acesso à plataforma de banco de dados SQL da Microsoft. Em uma postagem no blog MSDN, Brian Swift da Microsoft, deu alguns detalhes específicos sobre o driver. A versão de pré-lançamento do driver será destinada a sistemas de 64-bits, rodando no Red Hat Linux 5; o suporte para Red Hat Linux 6 está previsto para a versão RTM, e um driverde 32 bits está atualmente no roadmap de desenvolvimento.

Cisco Packet Tracer

Publicado: 14 de setembro de 2011 em Linux, Microsoft, Redes e Wi-FI, Sem categoria, Tecnologia

Para aqueles que estão estudando para o CCNA ou para o CCNP, eis uma grata surpresa trazida até vocês .

Esta não é uma ferramenta nova , mas já esta em uma versão bem avançada

Um Colega meu ,estava com algumas duvidas sobre apontamentos na rede, e mostrou um trabalho que estava fazendo , usando o Cisco Packet Tracer

A versão 5.3 do Packet Tracer, em primeiríssima mão para os leitores do site.

Cisco Certified – em versões Windows e Linux!

:-D ! Muitas funcionalidades novas foram incluídas, como: suporte à BGP (para vocês que estão estudando para o CCNP ou CCIP), call manager express e simulação de chamadas com telefones IP Cisco (sim, isso mesmo!), e muitas outras:

  • PPPoE Server (no router) e Client (no PC e router linksys simulados)
  • Cisco IP Communicator no PC simulado
  • Protocolos RTP e SCCP
  • Power over Ethernet (PoE)
  • Telefone analógico
  • Call Manager Express
  • FTP Server e Client
  • POP e SMTP
  • Linksys Wireless

O simulador vem repleto de “labs exemplos” (veja abaixo).

pt_samples.gif

Encontrei até um lab com Cable Modems! Bom, essas são as novas adições…! Além disso, tudo o que já era suportado segue sendo, claro! E aí, dá para começar a brincar, ou não?

Algumas telas:

pt_tv.gif

pt_voip.gif

Pessoal, espero que gostem!

Link para download abaixo. Não se esqueçam de ativar o modo de envio de feedback para a Cisco. Afinal, são os nossos feedbacks que fazem o PT ficar cada vez melhor. Se encontrarem um bug, enviem via diálogo que aparece quando você fecha a aplicação, em Português mesmo, se for o caso! Ah, e postem aqui, depois, suas impressões!

pticonwin.jpg pticonlnx.jpg

Valeu Galera

Através de um novo site, desenvolvedores do BackTrack anunciaram a disponibilidade do novo para a classe empresarial. O sistema BackTrack é uma das soluções de testes de segurança que apresenta grande popularidade, mas muitas organizações e empresas têm sido incapazes de utilizá-lo de acordo com as políticas internas de TI. Essas políticas exigem que qualquer programa deve ser coberto por um contrato de suporte.

Um grande número de empresas que usa BackTrack, entrou em contato com a equipe de desenvolvimento do utilitário e pediu a efetivação dos contratos de suporte. No novo site, há também o oferecimento de suporte para “ISO Creation Engine”, que permite ao usuário criar imagens personalizadas da distribuição. Com este recurso importante, o usuário poderá, por exemplo, selecionar grupos específicos de pacotes a serem incluídos na imagem ISO, fazer upload de gráficos para personalizar a aparência e adicionar condutores especializados.