Arquivo de 3 de outubro de 2011

Toshiba REGZA 55X3 (Fonte da imagem: Divulgação Toshiba)

A Toshiba revelou hoje (03/10) aquela que seria a primeira TV com resolução Quad Full HD capaz de exibir imagens tridimensionais sem o uso de óculos. O modelo, que recebe o nome de “REGZA 55X3” estará em exposição durante a feira CETEC Japan 2011, que acontece nessa semana em Tóquio.

A novidade possui 3840 x 2160 pixels de resolução, área quatro vezes maior que os 1920 x 1080 pixels do Full HD comum. Porém, essa definição cai para “apenas” 1280 x 720 quando no modo 3D. Para suportar esse tamanho de imagem, a TV traz o processador “REGZA Engine Cevo”, além de quatro portas HDMI e um dispositivo que pode rastrear os rostos da pessoa para garantir uma imagem tridimensional de boa qualidade.

A Toshiba REGZA 55X3 estará disponível inicialmente no Japão em meados de dezembro. Por enquanto, apenas o modelo de 55 polegadas estará disponível, com o preço em torno dos 900.000 Ienes, algo aproximado à R$20.000,00.

 

 

 

 

imagem

 

Entre muitas questões e comentários publicados nos fóruns de suporte do Google Chrome durante esta manhã, dia 3 de setembro, constam várias denúncias sobre o fato de que o Microsoft Security Essentials teria detectado o Chrome como uma variante da famosa família de malware Zeus (Zbot), e precisaria removê-lo imediatamente do sistema.

Houve um relato muito importante de um dos usuários, de que ele havia utilizado o Chrome em um PC de escritório, por mais de um ano. Esta manhã, depois que o PC foi iniciado, uma caixa de Segurança do Windows apareceu e disse que havia sido detectado um problema de segurança, e que este precisava ser removido. “Eu cliquei no botão Detalhes e vi que era PWS: Win32/Zbot”, disse o usuário.

“Eu cliquei no botão Remover e reiniciei o meu PC”. Agora eu não tenho mais o Chrome. Ele foi removido ou desinstalado. O arquivo chrome.exe se foi. Eis a pergunta: houve realmente um problema dessa natureza, ou isso é apenas uma maneira para a Microsoft para confrontar o Google? “Se eu reinstalar o Chrome, ele terá meus bookmarks e outras configurações? Não sei o que fazer sobre isso, mas eu prefiro muito mais o Chrome Explorer.”

Security Essentials Bloqueando o Chrome e Nota Esclarecedora da Microsoft

Além disso, alguns outros usuários se manifestaram para confirmar que o Security Essentials está definitivamente, bloqueando tentativas de reinstalar o navegador do Google e identificando o arquivo como se fosse um cavalo de Tróia, com o intuito de roubo de dados.

No que parece ser um crucial falso-positivo, as ferramentas de segurança da Microsoft estariam removendo o navegador Chrome de máquinas com sistemas Windows, marcando-a como uma variante Zbot.

Ryan Naraine, da ZDnet Blog News, diz que o Microsoft Forefront Endpoint Protection também começou a se comportar dessa maneira, e atribuiu isso ao fato de que ambas as soluções utilizariam o mesmo motor anti-malware.

De acordo com uma nota apresentada pela Microsoft, o tal problema já foi corrigido, devido ao lançamento de uma assinatura atualizada (1.113.672.0) em 09:57 PDT. Entretanto, cerca de 3.000 clientes foram afetados por esta falha. “Os clientes afetados devem atualizar manualmente o Microsoft Security Essentials (MSE) com as últimas assinaturas.

Para isso, basta iniciar o MSE, ir até a aba “atualizar” e clicar no botão Update, e depois reinstalar o Google Chrome. Devido a todo esse transtorno, a Microsoft pede desculpas pela inconveniência que isso certamente, pode ter causado aos seu clientes.

Lembrando que esta certamente, não é a primeira vez que uma assinatura de antivírus com defeito criou alguns estragos entre os usuários de Windows. Lembre-se do episódio de abril de 2010, envolvendo uma definição da McAfee, que apagou um arquivo de chave do sistema Windows e transtornou muitos milhares de sistemas corporativos em todo o mundo.

 

Ta , fazendo uma analogia , vou fingir acreditar de que foi um defeito…
Alias Microsoft e defeito , andam sempre lado a lado de mãos dadas.

Mas olhem só , na versão do internet explorer 8 , ao reconfigurar sua primeira inicialização , você tinhas a opção de escolher alguns provedores de busca e aceleradores , onde os princiapais destacados pelo navegador do ie8 era o windows live e google.

 

Hoje com o crescimento do Google , reconfigure as opções do Internet Explorer 9 e veja a diferença…

(Fonte da imagem: Sophos)

A empresa de segurança Sophos publicou uma nota na última sexta-feira (30 de setembro) na qual afirma que o antivírus nativo do Windows 8 não protege de forma eficaz os usuários do sistema operacional. Nos testes realizados pela empresa, o Windows Defender só foi capaz de identificar 50% das ameaças presentes na máquina utilizada pela companhia.

O Assessor de Segurança Senior da Sophos Canada, Chester Wisniewski, usou o software EICAR para infectar uma máquina com o novo sistema operacional, que foi incapaz de detectar a ameaça relativamente comum. Embora o malware tenha provocado problemas na inicialização do sistema, o antivírus nativo da Microsoft foi incapaz de alertar a ocorrência de qualquer problema no computador de testes utilizado.

Melhorias são necessárias

Após realizar testes envolvendo diversas ameaças comuns da internet, Wisniewski concluiu que o Defender só é efetivo em 50% dos casos. A única notícia animadora fica pelo fato de o software ter conseguido detectar com precisão malwares desenvolvidos tanto para sistemas Windows quanto para as plataformas (Mac).

No texto publicado em seu blog, o funcionário da Sophos leva em consideração o fato de que o Windows 8 ainda está em período de testes, mas mesmo assim afirma que a Microsoft deve melhorar o quanto antes a ferramenta de defesa. Caso contrário, o produto não conseguirá cumprir o propósito de servir como opção principal para proteger o computador dos usuários contra softwares maliciosos.